28/10/2021

Isentos de taxa, pequenos produtores rurais de Costa Rica começam a aderir ao SIMC-Cointa e poderão comercializar seus produtos para 170 mil na região norte de MS

Comercializar produtos de forma legalizada, com selo de inspeção municipal e sem taxas de adesão ao serviço já é uma realidade para pequenos produtores rurais de Costa Rica. Na manhã da última terça-feira 04 de maio de 2021, o vice-prefeito, Roni Cota (PSDB), recebeu a equipe técnica do SIMC (Selo de Inspeção Municipal Consorciado) executado pelo Cointa (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Taquari). O local do encontro foi no Laticínios Maria, na Rodovia MS-223, km 10, sentido Costa Rica/Figueirão.

O objeto da ação é expandir o comercio costarriquense, ampliar as fronteiras para que os produtores possam comercializar os produtos com qualidade devidamente inspecionados conforme a legislação, fomentando a geração de emprego e renda.

Acompanhado da secretária Municipal de Agricultura e Desenvolvimento, Suelen Guimaraes Furquim, do subsecretário da pasta, Fernando Barbosa Martins, do o coordenador do Serviço de Inspeção de produtos de origem animal executado pelo Cointa, Rafael Rezende, do subcoordenador do COINTA, biólogo e mestre em saneamento ambiental e de recursos hídricos, Cleiton Oliveira dos Santos, e da médica veterinária, Marge Vieira Martins da Silva de Carvalho, o vice-prefeito esteve no Laticínios Maria, que agora passa a contar com o selo do SIMC-Cointa podendo comercializar seus produtos por toda região norte.

Conforme, está sendo realizado o processo de migração dos estabelecimentos do Serviço de Inspeção Municipal de Costa Rica para o Serviço de Inspeção Municipal executado pelo Cointa, que amplia a possibilidade de comercialização dos produtos de origem animal para uma população de 170 mil habitantes, que é a somatória populacional dos 13 municípios que integram o consorcio.

Segundo o coordenador o processo de registro é simples e prático. “As pessoas acreditam que o empecilho é o custo financeiro da migração, entretanto o Município de Costa Rica está isentando todos os produtores para o pagamento de qualquer taxa para a adesão do serviço. O produtor que ainda não aderiu ao SIMC- Cointa, pode procurar a Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento e dar entrada no processo de registro de forma prática, rápida e simples. Todo o serviço de inspeção está à disposição para realizar esta migração”, destacou Rezende.

Para Roni Cota a parceria do Município com o Cointa vai de encontro com o anseio de centenas de pequenos produtores rurais costarriquenses. “Esse modelo de gestão associada, permite que o consórcio desenvolva os serviços de inspeção de produtos de origem animal e consequentemente conceda a ampliação de circulação de mercadorias das agroindústrias de carnes, leite, pescados, ovos, mel e respectivos derivados para todo o território dos municípios consorciado. Essa legalização, com isenção de taxas, é um desejo antigo dos nossos produtores que agora se torna realidade” concluiu o vice-prefeito.

Atualmente 13 municípios integram o consórcio: Alcinópolis, Bandeirantes, Figueirão, Camapuã, Costa Rica, Coxim, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, São Gabriel do Oeste, Sonora, Rio Verde de MT, Rio Negro e Corguinho. A presidência do COINTA é do prefeito de Sonora, Enelton Ramos da Silva e o atual vice-presidente é o prefeito de Costa Rica, Cleverson Alves dos Santos.

O COINTA é o primeiro consórcio intermunicipal do Estado de Mato Grosso do Sul, criado em 4 de junho de 1997, direcionado para a gestão compartilhada e integrada por bacia hidrográfica na busca de um modelo de desenvolvimento sustentável para a região.

Leia também

Compartilhe

Costa Rica
nuvens dispersas
25.6 ° C
25.6 °
25.6 °
73 %
4.6kmh
39 %
qui
30 °
sex
30 °
sáb
27 °
dom
25 °
seg
27 °

Mais populares

X